Sunday, March 7, 2010

UMA LATRINA CHAMADA CANINDÉ

Acabo de retornar do Canindé, a LATRINA DO PAULISTANO! Aquele lugar devia ser tombado pela VIGILÂNCIA SANITÁRIA já que é um sério candidato ao museu mundial da IMUNDÍCIE e ESCROTIDÃO. Possivelmente aqueles pedaços de PEDRA que eles chamam de ARQUIBANCADA devem ter encarado um paninho com água pela última vez no período cretaceo. Pode ter certeza que se vc for lá com um microscópio vai encontrar o ABC das DOENÇAS VENÉREAS. Que merda de lugar, meu deus! Acredito que esse ambiente mofado, às margens do tietê, acabou criando uma atmosfera meio alien para a torcida e a equipe. Olha, faz tempo que eu não voltava de um jogo com tanto CAUSO pra contar. Duelo de gordos, japoneses violados, velhos enlouquecidos e, claro, um BRUM EM CAMPO. Tudo num intervalo de tempo de 90 minutos totalmente alien. Enfim, vou revelar tudo em detalhes no próximo episódio do SANTOS VITUS. Eu queria fazer agora, mas o DOOM MARX deve estar em alguma festinha JUNO INDIE ROCK em WASHINGTON D.C discutindo sobre música contemporânea e os rumos do punk rock, e não está atendendo o meu chamado ALVINEGRO!

Fui!

No comments:

Post a Comment